Image Slider

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Review: The Big Bang Theory 9x01 - "The Matrimonial Momentum”

Atenção: A resenha abaixo contém spoilers do episódio "The Matrimonial Momentum", exibido no dia 21/09/2015!

tbbt

The Big Bang Theory vem adentrando um terreno extremamente sinuoso: o da longevidade. Com a première de sua nona temporada, a outrora descontraída sitcom começa sua caminhada em termos de duração para figurar ao lado de seriados campeões de audiência e eternamente amados como Cheers (1982-1993), Seinfeld (1989-1998) e Friends (1994-2004).

Entretanto, apesar dos excelentes números de audiência, e de seu elenco principal já estar recendo US$ 1 milhão por episódio, o que é basicamente o primeiro indício da força de um programa, The Big Bang Theory parece ainda carregar certo dilema: adentrar seu nono ano sem realmente possuir aquela ‘aura’ especial que marcou as séries listadas no primeiro parágrafo.

Muitos culpam as fortes mudanças que os personagens e suas dinâmicas sofreram ao longo dos anos. Se começou com a história de um grupo de amigos nerds totalmente desajeitados, e sem muita noção das interações humanas, que passavam seus dias discutindo cultura nerd e tentando se dar bem com as mulheres, hoje vive dos bastidores dos rapazes em seus duradouros relacionamentos amorosos.

penny leonard

Leonard conseguiu Penny, a exuberante loira que mora no apartamento vizinho; Howard se casou com Bernardette, uma cientista de personalidade forte e dominadora; e até mesmo Sheldon já comemorou seus 5 anos de namoro com a reprimida Amy. Só Raj continua solteiro, apesar de ter se curado de seu problema de não conseguir falar com mulheres sem estar alcoolizado, e de ter acumulado alguns romances problemáticos ao longo das últimas temporadas.

E a maior prova de que a série revirou quase totalmente seu status quo está neste primeiro episódio da nona temporada, que mais parece um drama do que uma comédia. 

No finale da última temporada, Leonard estava a caminho de Las Vegas para se casar com Penny, quando num momento de ‘falar antes de ser tarde demais’, contou a ela que havia beijado outra mulher durante uma viagem de trabalho. 

Foi o bastante para amargar um pouco o casal que até então vinha feliz e acertado. E apesar de terem casado, de fato, neste novo episódio, naquela que talvez seja o casamento mais anticlimático e simplório que já vi na televisão, os fantasmas da revelação de Leonard continuam pairando no ar, dando aquela típica sensação de que o casamento talvez tenha sido precipitado demais.

sheldon amy

O ‘tempo’ que Amy pediu a Sheldon também esteve presente em todo o episódio. Amargurado e descrente nas mulheres em geral, e sem entender exatamente como se comportar durante este ‘tempo’, Sheldon perseguiu Amy o episódio inteiro. Finalmente reunidos na casa dos Wolowitz para assistir à transmissão online do casamento de Leonard e Penny, num resgate ao lado ‘geek’ do seriado, Sheldon acaba amolando Amy ao ponto dela decretar o fim definitivo do relacionamento.

Ela sai chateada para a cozinha da casa, acompanhada por uma complacente Bernardette, enquanto Raj se oferece para levar Sheldon para casa, deixando apenas Howard e o parasita Stuart, da loja de quadrinhos, assistindo ao beijo que transformou Leonard e Penny em marido e mulher. Climão pesado, sem dúvida.

Com tanto drama circundando o trio principal, não houve muito destaque para Howard, Bernardette e Raj, que acabaram sem muito que fazer neste deslanche da nova temporada. E ao pobre Stuart, sobrou o ingrato papel de alívio cômico, com seus comentários esquisitos e totalmente inapropriados, para nos lembrar que a série é uma comédia, afinal de contas.


Sinceramente, não sei se os roteiristas já estão começando a recolher as coisas para amarrar as pontas, mas ao trazer uma première mais focada no drama do que na comédia, com personagens em conflito direto, só podemos concluir o quanto a série mudou desde seu piloto.


O Melhor
+ Amy dizendo ao Sheldon que só se passaram 11 horas desde que deram um tempo, no que ele responde que é o mesmo tempo da trilogia O Senhor dos Anéis, que ela havia dito ser uma eternidade.
+ Sheldon dizendo à Amy que ‘deixar os outros desconfortáveis’ é a característica deles.
+ Os comentários inapropriados do Stuart.
+ Howard fechando as cortinas na cara do Sheldon.
+ Ninguém estar realmente ‘presente’ para assistir o beijo entre Leonard e Penny, o que apesar de dramático, foi bastante poético como referencia ao estado de espírito de todos.
+ Os votos que o Leonard fez durante o casamento.
+ Sheldon ofendendo a Penny intensamente sem perceber.

O Pior
- Talvez a pior sequência de abertura da história da série.
- Casamento de Leonard e Penny totalmente anticlimático e sem emoção. Deveria ter sido um dos momentos mais emblemáticos da série, e foi somente triste.
- Episódio mais dramático do que engraçado.
- Howard, Bernardette e Raj atuando mais como coadjuvantes, sem histórias próprias no episódio.
- Leonard, Penny, Sheldon e Amy passando o episódio todo em conflito e mal humorados.

Cássio Delmanto Advogado, colunista automotivo, beatlemaníaco, fanático por carros, filmes, séries, música, tecnologia e cultura inútil em geral. 

3 comentários:

  1. Esse episódio foi lamentável, de fato a pior abertura de temporada deles

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lamentável é a palavra perfeita para descrever. Hahaha. Mas compensaram bastante no segundo episódio! Foi muito bom!

      Excluir
    2. Já saiu a resenha do segundo episódio! Se quiser, é só conferir pela tag!

      Excluir

 
UA-48753576-1