Image Slider

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Review: Agents of SHIELD 4x22 - "World's End" [Season Finale]

Atenção: A resenha abaixo contém spoilers do episódio "World's End", exibido no dia 16/05/2017!

agents of shield 4x22 philinda

Robbie está de volta e não está com tempo a perder! Depois de seu retonrno, nosso motoqueiro fantasma é atraído até o Darkhold e Aida. Sendo feito da matéria obscura que criou os dois, o "diabo" dentro de Robbie nos traz imediatamente a solução à ameaça de Aida: o Motoqueiro é o único que consegue matá-la. Ainda assim, a execução não é nada simples. Aida tem poderes inumanos e por mais que ele consiga feri-la, ela consegue escapar facilmente. 

Pelo menos, Robbie é encontrado facilmente por Daisy e logo é chamado para ajudar nossos agentes. Coulson, May e todo o resto estão tentando lidar com as consequências do episódio passado. Por um lado, eles ainda estão sendo procurados para explicarem a situação com Mace. Por outro, precisam encontrar uma forma de ajudar Yoyo a sair do Framework, já que foi sem qualquer plano. A primeira solução parece fácil: ir a uma reunião marcada por Talbot, mas a coisa saí pela culatra. 

Aida com certeza é uma boa vilã. Aliás, adoro como a trajetória dela foi bem trabalhada. Apesar do fato de terem a colocado como par do Fitz (por mais que fosse irreal), entendo que ela precisava sentir o amor de alguma forma para depois sentir o oposto. A experiência dela como humana diz bastante sobre nós e é algo totalmente paradoxal no caso da Aida. No momento em que ela finalmente conseguiu o que queria, ela percebeu que preferia ser uma android. Ela precisou viver para perceber o quanto tinha idealizado a experiência. Ela precisou dessa experiência e a dor de ter sentimentos para isso. Essa mudança cria uma personagem diferente. Agora ela está desequilibrada e instável. 

Ela quer vingança. E resolve recriar o mundo da Hydra que tinha para isso. Como? Acusando Daisy de um ataque à Talbot ao usar uma androide da heroína. Infelizmente a coisa funciona. Talbot acaba no hospital e a Shield é vista como hostil de vez. No entanto, Phil decide que é hora de agir para acabar com isso de vez. Assim, criam um plano - que envolve, em especial, Fitz e Simmons

agents of shield 4x22 fitzsimmons

Os dois passaram por bons bucados. Por mais que não tenham conversado tanto quanto gostaríamos, eles estão se resolvendo. Apesar do episódio anterior, Jemma continua receosa quanto aos sentimentos de Fitz quanto Aida. Ainda assim, é ela que ajuda o cientista a se culpar menos por tudo que fez no Framework. Leo faz questão de se lembrar dos erros que cometeu, mas Jemma, maravilhosa, insiste em lembrá-lo quem é de verdade. Ou melhor, passa falar que o "poder de matar" que Fitz tinha poderia vir a calhar já que queriam derrotar Aida. 

Em uma sequência de cenas confusas e emotivas - que são melhores vistas do que descritas -, a série conseguiu fazer exatamente isso. Usar o "Doctor" de Fitz para criar andróides que confundiriam a Aida a pensar que venceu, nos dando a chance de vê-la ser derrotada finalmente. Tivemos a péssima imagem de ver Aida matando Jemma, só para descobrir que ela estava viva. Apesar do choque, gostei. Sempre me orgulho de ver como eles estão acertando mais nos planos, fazendo algo inteligente. Além disso, tinha certeza que não matariam a Simmons dessa forma. No mínimo, já tinha a teoria que usariam o mecanismo da Aida para fazer a Jemma voltar. Tudo é possível. 

Por falar nisso, tudo é possível mesmo - inclusive que o espírito da vingança de Robbie tomasse conta de Coulson para que o agente conseguisse enganar Aida mais uma vez. Parabéns a todos os envolvidos. Agora, porque o espírito não estava em Robbie? Porque o novato estava ajudando Daisy a salvar Yoyo e Mack (dando apoio moral, basicamente). 

Quanto à Mack e Yoyo, a situação está feia. O Framework está em colapso. Desde que Aida se tornou humana, o mundo virtual não tem mais nada em que se segurar, e Yoyo e Mack correm perigo. Mais uma vez, a série resolveu brincar com as nossas emoções. Os dois correm contra o tempo. Sendo guiado por Daisy, Radcliffe é quem ajuda Elena a encontrar uma saída dali - adoro quando a Daisy volta às origens e usa seus conhecimentos de hacker. O problema todo é convencer Mack a voltar.

agents of shield 4x22 yoyo

Yoyo percebe o quanto Hope é importante para Mack, mas ele não reconhece a namorada e isso a frusta bastante. Radcliffe está ali para tentar dá-la razão e fazer Yoyo voltar mesmo que Mack não queira, mas a verdade é que a emoção vence. Todos estão desaparecendo, as coisas estão mudando e, se aquela realidade parecia real, agora claramente não é. Ainda assim, Mack resiste. Hope está com medo e, pela primeira vez, começa a questionar sua existência. Ela não quer morrer. Mack não vai deixá-la. E se ele não vai deixá-la, Elena vai ficar com quem ama também. No entanto, no último segundo, Mack tem o último choque com Hope sumindo e eles conseguem voltar. 

Meu coração foi na boca. Não vou enganar, já tinha pensado na possibilidade de Yoyo ser quem decide ficar na Framework e a série perder os dois, mas ver isso acontecer foi outra coisa. Felizmente, Agents of Shield só resolveu dar um susto na gente. Amei como Yoyo ficou de coração partido por querer separar Mack da filha e fala isso. 

O mais importante foi ver que ele conseguiu ter uma visão otimista. Claro, deve ter doído muito, mas ele conseguiu ter anos de convivência com uma filha que ele nunca teria qualquer chance. Essa foi a melhor das consequências de ter memórias dessas duas vidas. Infelizmente, nosso sonho de ter a Hope na vida real (que super achei que Mack poderia ter tentado - mesmo que não acontecesse) não se realizou, mas já consegui sorrir com a oportunidade que Mack teve como pai. 


Além disso, não poderia deixar de comentar na maravilha de dupla que Daisy e Robbie formaram. As cenas da dupla foram sensacionais, e Coulson concordaria mesmo sem ter visto. Adorei ver os dois em sincronia. Nesse episódio, ficou claro que a amizade deles cresceu com todas as experiências que sofreram juntos e, mesmo com Robbie indo embora para salvar o Darkhold, eles acabam contando um no outro. 


agents of shield 4x22 robbie daisy

Por mais que tenham salvado o mundo dos planos de Aida, nossos heróis continuam sendo fugitivos. Fitz, assim, decide levar a culpa por tudo. Como já vimos, ele ainda tem um longo caminho para voltar a encontrar seu eu antigo e ele decide que esse é o melhor. No entanto, Daisy se opõe e fala por todos ao mesmo tempo que a série nos dá uma ótima conclusão do ciclo da temporada. Ela percebe que Fitz está tentando fazer a mesma coisa por ela: se culpando e afastando as pessoas. 

Ele não precisa. Todos ali sabem que o Framework mexeu com cada um de formas perturbadoras, mas não significa que tenham que enfrentar nada disso sozinhos. Esse foi o maior aprendizado que Daisy teve na temporada, e foi bom ver ela verbalizando seu crescimento. Fitz pode demorar para processar tudo, mas, uma coisa é certa, eles estarão ali juntos. 

O discurso foi ótimo, mas não impediu o inevitável: os agentes foram presos. Ou pelo menos foi o que pareceu. No final, ficamos com duas grandes perguntas. A primeira é: Qual segredo Coulson está escondendo que o possibilitou encorporando o espírito da vingança? A segunda é: Por que diabos Phil está no espaço e não parece estar em uma cela? Seria a Zona Negativa dos quadrinhos? Por que ele fala que vai começar os trabalhos? 


O melhor
Mack vendo a oportunidade que teve com a filha. 
Robbie e Daisy lutando juntos!
Coulson triste por ter perdido a oportunidade de ver a dupla em ação. 
Chance de Coulson e May terem um relacionamento romântico. 
Daisy e seu discurso para Fitz. 
Plano contra Aida cheio de surpresas. 
O pior
Hope :(
Malditos sustos dessa série. 
O Robbie não podia ter só jogado o Darkhold para o outro lado e ficado, não?

Nota 9,0

Mariana Oliveira Sou Publicitária, Beatlemaniaca e Coldplayer. Toco piano e praticamente vivo de séries e livros. Acho que começo uma série nova toda semana. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1