Image Slider

domingo, 4 de fevereiro de 2018

Review: Agents of SHIELD 5x10 - "Past Life"

Atenção: A resenha abaixo contém spoilers do episódio "Past Life", exibido no dia 02/02/2018! 

agents of shield 5x10

Essa é última e melhor chance da Shield voltar para o presente. O plano está pronto, precisam fazer Flint reconstruir o monolito e salvar os humanos que faltam das garras de Kasius. Agora só falta executar. 

Para isso, nosso time se separa: Fitzsimmons vai encontrar Mack e Flint; Coulson, May, Deke e Daisy ajudam o resto da população escapar; Enoch fica cuidando da máquina que criará o portal; e Yoyo tem uma missão solo. 

O episódio gira em torno dessas pequenas missões simultâneas, que indicam pouco a pouco o caminho dos personagens. Flint, por exemplo, sabe de seus poderes e recebe a ajuda de Simmons para realmente conseguir reconstruir o monolito. Podemos dizer que ela foi incrível ao criar uma conexão com o garoto. 

Por mais que não tenha poderes, Simmons entende a composição por trás daquela rocha. Ela sabe como falar com Flint e fazê-lo explorar seu eu-inumano. É assim que eles passam para a próxima etapa: encontrar as outras partes do monolito no espaço, para assim montá-lo. 

Foi curioso ver como Fitz matou os krees tão rapidamente, sem piscar. Achei por um momento que Simmons poderia ficar preocupada com essa parte da personalidade de Fitz, mas ela mesma prova que às vezes é preciso tomar decisões mais fortes mesmo.

agents of shield 5x10

Quando Flint encontra as partes do monolito, ele quebra a janela, criando a sucção necessária para derrotar os últimos do exército kree ali. Ideia de quem? Da noiva do Fitz, claro. Agora Flint só precisa de um tempo para fazer sua mágica. 

Já de outro lado do enredo, temos Coulson e cia. O primeiro a se desperçar do grupo é Deke. Enoch está tendo problemas em defender a máquina que se conecta com o monolito, por isso Deke acaba se oferecendo para ajudar. 

Foi divertido ver ele e Daisy discutindo para ver quem ajudaria. Apesar de ter sua dualidade, Deke tem provado que pode ser um herói e acreditar que a Shield vai salvar seu planeta já instinto. Ele conheceu uma Quake diferente da Quake das histórias que lhe contaram.

Achei muito bom que ele tenha expressado isso para Daisy, de certa forma. Aquela Quake que destruiu o mundo não é a mesma que ele viu ser atenciosa e determinada a salvar a todos. É dessa heroína que o mundo precisa. E é ela que precisa voltar para o passado. 

É assim, então, no meio dos "insultos", que eles se despedem. E é assim que Deke se aproxima do perigo que é ser um herói. A máquina do monolito está com problemas e a única solução é usar a fonte de energia que manteve Enoch vivo milhares de anos para consertá-la.

agents of shield 5x10

O problema do plano? Bom, tudo vai explodir depois. O que significa que Enoch e a pessoa que estiver de seu lado, ou seja, Deke, não sobreviverão. Apesar de ter sido triste vê-los se sacrificarem, meu consolo é saber que esse futuro pode ser diferente agora. Eles terão uma nova chance.

Já Daisy, quer acabar com qualquer chance de destruir a Terra. A solução mais fácil é simplesmente não ir para o passado. Coulson, claro, se recusa a deixar Daisy desistir de si mesma assim. Ele e May tentam convencê-la em desistir da ideia, mas o que resolve mesmo é levar Daisy desacordada de volta. 

Devo dizer que está na cara que teremos uns conflitos por aí. Já pressinto que o fato de Daisy ter o poder de destruir mundos vai afetar sua relação com o resto do time, criando um ar de desconfiança em volta dela, e agora adicionamos a decisão de Coulson na equação. 

Além disso, a própria Daisy terá que lutar constantemente com a possibilidade futurística que agora sabe. Já está bem claro que teremos muito a explorar nas consequências dessa volta para o passado. Eu preciso muito saber como vai se desenrolar isso tudo. 

Para ajudar (ou não) com isso, chegamos assim ao ponto mais importante do 5x10: Yoyo. Depois que Tess fala na possibilidade de ter mais gente sendo trazida do mundo dos mortos, Elena decide salvar quem encontrar. O que ela não esperava era que encontrasse com si mesma.

agents of shield 5x10

Conhecemos assim a Elena da linha do tempo em que a Terra foi destruída. SIM, isso mesmo. Eu acho incrível como esses escritores são tão criativos e pensam nas coisas mais mirabolantes. Não sei nem o que dizer. 

Esse encontro abriu muitas portas. Primeiro, nos fez entender um pouco melhor o contexto de tudo. A Elena-2 fala constantemente sobre como está precisa em um looping. Aquele encontro com seu outro eu já aconteceu, ela já estava do outro lado dessa conversa, e, por mais que tenha se esforçado, o resultado é sempre o mesmo. A Terra é destruída, o Mack morre, tudo vai se acabando. 

Como uma grande fã de viagem no tempo, acho incrível essas lógicas complexas do tempo e acho que essa cena explorou um pouco isso. Essa revelação da impotência do nosso time, no entanto, não é a melhor das notícias, mas sabemos muito bem que não tem como a Terra ser destruída de verdade. 

Algum jeito eles vão dar. O que me deixa muito curiosa para saber como que conseguimos quebrar um looping desses, que parece ter sido experienciado tantas vezes. Foi bem bizarro ver como Elena-2, por mais que soubesse do que estava por vir por memória, não conseguisse sair da repetição de palavras e da conversa que teve. 

Nossa Elena, claro, fica bem abalada. Não só com essa falta de esperança, mas com a revelação de um pequeno pedaço do quebra-cabeças. Coulson está no centro da causa da destruição do planeta. Ele foi infectado, provavelmente pelo líquido preto do Kasius enquanto lutava. E, ao tentarem salvá-lo, eles destroem o mundo.

Alguém sabe como conectar esses dois pontos? Será que precisam dos poderes da Daisy para ajudá-lo e liberar esses poderes é o passo para a destruição de tudo? Agents of Shield sabe como dar respostas sem responder as perguntas que temos, hein.

agents of shield 5x10

O conselho da Elena-2? Deixar Coulson morrer. A grande pergunta é: será que essa realmente é a única solução? Isso significa que realmente perderemos uma parte tão importante da série desde o início? Ô, produção, muda isso, por favor.

Tendo em vista que o centésimo episódio será o 5x12, acredito que tudo se desenrole bem aí. Minha teoria é, já que falaram tanto do looping, talvez sejamos apresentados a algumas versões desse futuro até nosso time finalmente acertar. Algumas perdas para doer o nosso coração, mas novas chances de mudar.

Falaram muito sobre o quanto o centésimo é importante e como seria o episódio em que o time voltaria para casa. Fiquei confusa quando já conseguiram realizar isso, então por isso a ideia. Mas, talvez, o 5x12 foque nessa luta deles quebrarem o ciclo, Daisy impedir o descontrole e salvarem todos mesmo. 

Pelo menos, temos nossas vitórias atuais. Todos conseguem voltar para o passado e Mack ainda consegue matar Kasius, e que luta hein! Yoyo demora tanto para voltar que Mack vai atrás dela e, no lugar, encontra um Kasius descontrolado e a morte de Elena-2. 

Em consequência disso, Mack enfrenta Kasius em nome de todos nós. No entanto, é Simmons que tem sua vingança contra o ex-"patrão", usando o dispositivo de surdez nele, possibilitando a Mack dar o golpe final. 

Esse trio, assim, fica na beira de não conseguir chegar ao portal, mas, vamos ser honestos, eles voltam. Não é nem um cliffhanger direito. 


O melhor
- Fitz chamando a Simmons de noiva <3
- Eles conseguiram, amém!
- Os momentos de Deke com Daisy e Enoch. 
- Adorei ver a esperança que nasceu em Tess e Flint.
- Yoyo do futuro e do passado e meu deus. 

O pior
- Só eu que pensei que a Yoyo demorou demais a voltar?
- Enoch maravilhoso, saudades. E as piadinhas do Deke.
- Quero respostas direitas, preciso.

Nota 9,2

Mariana Oliveira Sou Publicitária, Beatlemaniaca e Coldplayer. Toco piano e praticamente vivo de séries e livros. Acho que começo uma série nova toda semana. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
UA-48753576-1